Namoro

Como mulheres violentadas conseguem superar o trauma e redescobrir o prazer sexual

Contato sexual 915331

Crédito, Thinkstock. Ainda adolescente, ela foi sedada por um primo mais velho e posteriormente violentada. Fim do Talvez também te interesse. Edelmira nunca se atreveu a contar a ninguém o que passou. Crédito, Getty Images. Tampouco disse ao primeiro namorado, com quem começou a sair quando tinha 18 anos, que havia sido violentada. Quando estavam juntos, o casal decorava o ambiente com velas e flores. Foi assim que Edelmira se permitiu a voltar, pouco a pouco, a ter desejo. Nesse tempo, começou a trabalhar no governo de seu Estado natal, porque queria se dedicar a políticas sociais.

Colunistas

Ele chega em casa depois de um dia de trabalho pesado. Bem distinto do que era no início do relacionamento, quando bastava um toque na pele para sentir o corpo pegar fogo? O sexo rotineiro pode ser bom? Depende, diz a sexóloga Laura Müller. Um dos pontos positivos: com o passar do tempo, a cumplicidade e o entrosamento entre o par tende a aumentar. E isso faz bem ao sexo. O sexo flui com espontaneidade.

Quanto tempo sem sexo é muito tempo?

Consultas de Terapia ou Apontamento 0. Serviço e Casting de Modelos 0. Serviços de Massagem 0. Venda de Brinquedos e Produtos de cariz Sexual 2. Ava ensina quanto se faz às duas alunas.

Leave a Reply

Your email address will not be published.